20 de jun de 2011

Ato Público pela construção de viadutos será realizado dia 30

Vereadores conversam com representantes sobre detalhes do ato
Foto: Rodrigo Monzon

“Foz pede Passagem, Viadutos já”! Esse é o slogan da campanha que vai mobilizar os moradores de Foz do Iguaçu, no próximo dia 30 de junho. A manifestação será às 16 horas, entre a rotatória da Avenida Paraná, BR-277, e a Avenida Araucária (antiga Avenida I, Floresta Clube). A iniciativa da Câmara de Vereadores, através do requerimento Nº 128/2011, ganhou o apoio de várias entidades, igrejas, sindicatos e lideranças comunitárias.

O ato público é uma forma de pressionar as autoridades estaduais e federais para a construção de viadutos e trincheiras na rodovia. Os pontos considerados críticos no perímetro urbano da BR-277 em Foz do Iguaçu e indicados para receber as obras são: os trevos de acesso à Vila A, CTG Charrua, Avenida Costa e Silva, Portal da Foz e Avenida Beira Rio. A proposta da Comissão organizadora do manifesto é um movimento pacífico com faixas, carros de som e distribuição de panfletos e adesivos aos moradores e motoristas que sofrem com os congestionamentos no trecho.

“É um risco diário, as pessoas querem mais segurança no trânsito e facilidade para se deslocar do centro até a região norte da cidade, o viaduto deve ser prioridade”, afirmou o presidente da Câmara de Vereadores, Edílio Dall’Agnol.

Há mais de dez anos, o governo Federal repassou a administração do trecho urbano da BR-277 em Foz do Iguaçu para o governo estadual, que acabou privatizando a rodovia. Segundo o vereador Nilton Bobato, Presidente da Comissão das Estradas Federais, o projeto de construção dos viadutos já existe e a obra teria sido licitada pelo antigo DNER.

“No contrato, consta a manutenção de três viadutos, não sabemos ainda se estamos pagando esse ônus na tarifa de pedágio; o fato é que não podemos esperar mais, os canais de negociação foram abertos e não andaram”, disse o vereador.

No mês passado, o Secretário Estadual de Infraestrutura, José Richa Filho, se comprometeu a visitar a cidade com uma equipe técnica para avaliar a situação do tráfego na rodovia, mas até agora não apareceu.

Diante dessa demora para resolver a questão, o vereador Zé Carlos apresentou o requerimento pedindo a realização do ato público. “É uma luta de toda a sociedade, o município se desenvolveu bastante naquela região. Temos várias escolas e universidades, precisamos construir uma alternativa urgente para desafogar o trânsito”. (Assessoria Câmara)

Nenhum comentário: