10 de set de 2011

PT quer Samek na disputa eleitoral




O Partido dos Trabalhadores quer o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, como um dos pré-candidatos do partido a prefeito de Foz do Iguaçu. Foi o que anunciou o deputado federal André Vargas (PT-PR) em visita à redação do Jornal A Gazeta do Iguaçu na última sexta-feira (9).

Segundo Vargas, o nome de Samek atende a intenção do partido em ampliar a representatividade nos municípios paranaenses. Na opinião do deputado, que também é secretário nacional de Comunicação do Partido dos Trabalhadores (PT), um nome como o de Samek seria ideal para o desenvolvimento econômico de toda a região.

"Acredito que para Foz do Iguaçu seria o nome ideal para dar passos a frente neste desenvolvimento e atrair mais investimentos para a cidade", afirmou.

Vargas comunicou que durante a última plenária do partido, o tema central do evento foi à possível candidatura de Jorge Samek.

"No ponto de vista da direção nacional, queremos candidaturas competitivas em todos os municípios. Foz passa a ter um peso ainda mais estratégico, já que é a maior cidade de fronteira do país, a que tem a maior usina do mundo e tem também a figura do Samek, que dá um peso maior para a candidatura, porque todos sabem da relação dele com o Lula e o governo Dilma".

Questionado quanto a atuação do diretor geral brasileiro, o deputado federal não poupou esforços para elogiar a atuação de Samek frente à maior usina hidrelétrica do mundo.

"Samek teve participação em todos os assuntos relacionados ao desenvolvimento da cidade nos últimos anos, ele foi fundamental para os acordos binacionais, na relação com o Paraguai nos momentos mais tensos. Hoje Samek deixaria a Itaipu em boas condições. É mais fácil achar outro diretor de Itaipu do que outro candidato para a prefeitura com as qualidades do Samek. Nós queremos ganhar em 2014 o governo do estado, queremos reeleger a presidente Dilma e essa disposição que o Samek está apresentando, é algo que coloca Foz do Iguaçu com muitas chances de ganharmos a eleição", afirmou.

Segundo Vargas, embora não tenha se pronunciado oficialmente sobre a pré-candidatura, Samek colocou-se a disposição do partido. 

Thays Petters - A Gazeta do Iguaçu

Nenhum comentário: