23 de nov de 2011

Partidos defendem a redução de assessores na Câmara de Foz


Os presidentes de 12 partidos de Foz do Iguaçu se reuniram para confirmar a realização de uma audiência pública, no próximo dia 28, para discutir o aumento de vereadores.
Os líderes partidários não só mantiveram a posição, visando o debate sobre o aumento da representatividade, como também propõem o enxugamento dos gastos no legislativo iguaçuense. Eles defenderão a redução de salário e do número de assessores, além do corte de cargos comissionados e a realização de concurso público no legislativo.
No mês passado, 19 partidos assinaram um abaixo-assinado pedindo a realização de uma audiência para discutir o aumento de 15 para 21 vereadores após a eleição de 2012. O pedido foi aprovado na Câmara, mas a iniciativa foi muito criticada, principalmente pela Acifi (Associação Comercial), que lidera um movimento, ao lado de 20 entidades, denominado “Fórum pela Moralização da Política”.

Hoje, 23, começaram a ser colocados outdoors contra a proposta de aumento das vagas. A imagem de um palhaço vem acompanhado da frase “ Foz não quer mais vereadores. Respeito Já”.
As críticas acuaram os vereadores. Agora, os partidos começam a reverter a imagem negativa que recaiu sobre a Casa de Leis. Do encontro realizado, no começo da noite de ontem (22), ficou definido que os 19 presidentes apresentarão a proposta de corte no número de assessores na audiência.

Nenhum comentário: