1 de set de 2011

Joel de Lima articula a liberação de R$ 15 milhões para o Curso de Medicina



Era apenas um sonho. Mas quando ele passou a ser sonhado por mais pessoas começou a se realizar. Talvez esta seja a melhor maneira de falar do Curso de Medicina em Foz. Joel de Lima, da Itaipu Binacional, escreveu mais um capítulo desta história.

De Brasília, onde se reuniu com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ele garantiu apoio dos Ministérios da Saúde e Educação para a implantação do curso nos campus de Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão, da Unioeste.

Durante a negociação, Gleisi pediu aos representantes dos ministérios a liberação de uma verba no valor de R$ 15 milhões. “Boa articulação em Brasília. Conseguimos apoio da Ministra Gleisi para buscar recursos a fim de viabilizar a implantação do curso de medicina em Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão”, disse no perfil do facebook.

O reitor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Alcebíades Orlando também acompanhou Joel de Lima na reunião com Gleisi.

No ano passado, o Conselho Universitário da instituição, inclusive, anunciou a abertura de 40 vagas para o curso. "Auxiliarei o reitor porque há vários anos discutimos o assunto nas reuniões do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde. A reunião foi um pedido da Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann", justificou. 

Em dezembro, a Itaipu, o governo do Estado do Paraná, a Prefeitura de Foz do Iguaçu e a Fundação de Saúde Itaiguapy assinaram o termo de cooperação para formalizar o curso de Medicina em Foz do Iguaçu.

A primeira etapa incluiria a compra de equipamentos e também os preparativos para a contratação de funcionários. Parte da infraestrutura seria oferecida pela Itaipu Binacional, por intermédio do Hospital Costa Cavalcanti, que funcionaria como Hospital Escola. Desta maneira espera-se que seja suprida a falta de médicos na rede pública.

Uma emenda do ex-deputado, Chico Noroeste, colocada no orçamento estadual deste ano, viabilizaria a construção de salas de aula, laboratórios e outros equipamentos.

Com assessoria

Nenhum comentário: