28 de ago de 2011

Marcelo Almeida defende o fim do preconceito contra políticos ricos

Marcelo Almeida (centro) durante conversa com Ratinho Junior, pré-candidato a prefeitura de Curitiba

Na última terça-feira, durante encontro do PSC em Curitiba, o ex-deputado Marcelo Almeida, do PMDB, rasgou elogios ao deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Curitiba, Ratinho Júnior. 

E defendeu sua classe, a dos ricos. “Eu quero acabar com um preconceito que as pessoas têm de votar em pessoas ricas. Eu estou aqui, neste momento, por causa de Ratinho Junior. Ele é um cara rico, que tem um potencial político fantástico e idealismo como eu. Por tudo isto, ele merece todo o meu apoio”, disse Almeida.

Marcelo Almeida foi considerado o candidato mais rico  do Paraná e o segundo no Brasil, durante a disputa das eleições em 2010. Ele é sócio do grupo empresarial C.R Almeida.  Na época o ex-deputado declarou ter patrimônio de R$ 683,3 milhões, o que incluía participação na empresa da família, sete apartamentos, oito veículos entre outros bens. 

Em 2006, quando foi eleito, Almeida declarou ter um patrimônio de R$ 86,7 milhões em bens - o que significa um aumento de 688% no valor dos seus bens. Segundo ele, o aumento ocorreu em razão da morte do pai, com isso recebeu uma herança.

O segundo mais rico é Alfredo Kaefer, de Cascavel, empresário do setor de agronegócio, e que foi reeleito representante Cascavel. 

Com informações do Boca Maldita

Nenhum comentário: