2 de out de 2011

Prefeitura estuda contratação de médicos argentinos



Em Foz do Iguaçu, a Secretaria de Saúde pretende cruzar a fronteira para contratar médicos argentinos. A intenção é acabar com a falta de profissionais, apesar de a prefeitura oferecer salário acima de R$ 10 mil por mês. Hoje 153 atuam na rede pública, sendo necessária a contratação urgente de 20 médicos, dos quais cinco teriam que ser pediatras para atender nos plantões do Pronto Atendimento do Morumbi e na UPA 24 horas.

A sugestão de contratar profissionais no país vizinho foi a solução encontrada para resolver o problema. Já foram realizados concursos públicos e chamadas públicas que permite que empresas prestem serviço e nada de interessado. 

“ O salário do médico na Argentina é um terço do valor daqui. Quando nós perguntamos se eles tem interesse em trabalhar aqui o interesse é imediato”, observou o secretário de Saúde, Alexandre Kraemer.  

Os médicos passariam a fazer parte do quadro clínico da rede pública do Município. A prefeitura oferece um salário de R$ 10.900,00 para médicos do Programa Saúde da Família (PSF) e o valor de R$ 70,00 por hora para os demais. 

A prefeitura pretende ainda divulgar as vagas em outros estados e abrir novo concurso público até o final do ano. Assista a reportagem.

Nenhum comentário: