20 de ago de 2011

Presidente do PSB tem bom motivo para apoiar candidatura de Reni Pereira



Ao que tudo indica, o presidente do PSB, no Paraná, Severino Araújo teve bons motivos para lançar, na última semana, a pré-candidatura de Reni Pereira a prefeito de Foz do Iguaçu. A declaração de apoio de Araújo ocorreu durante evento do partido em Curitiba, sob os olhares do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, o presidente nacional da sigla, Eduardo Campos e o governador Beto Richa.

O gesto de Severino seria um agradecimento a Reni Pereira pela nomeação de um parente em seu lugar na Assembléia Legislativa. O presidente do PSB foi exonerado do cargo comissionado que ocupava no gabinete do deputado até o ano passado.

Em entrevista recente a Band FM News, de Curitiba, Reni, que é  segundo secretário da Casa,  afirmou que Severino dava expediente normalmente no gabinete e que tinha como função a orientação política de integrantes do PSB. Ele exerceu a função quando ainda não havia controle biométrico de presença na Assembléia.

O deputado foi obrigado a exonerar Severino. Ele foi substituído por Osi Nunes Araújo, também do PSB, e que foi nomeado como assessor no gabinete, e recentemente, conforme Diário Oficial do mês de junho, passou a ocupar cargo na Segunda Secretaria da Mesa Diretora.

De acordo com deputado, o novo assessor exerce atividade de contabilidade e para isso recebe R$ 2.500,00 através do cargo de simbologia G4. Ao final de quatro anos receberá R$ 120 mil.


Seria a nomeação de Osi uma recompensa entre peessebistas? O questionamento foi feito no blog paranaense Boca Maldita 

Nenhum comentário: